São Paulo: Prefeito cobrará de pessoas físicas os impostos devidos de empresas

Recursos repetitivos: Carf prepara nova ferramenta de busca de jurisprudência
15 de março de 2019
Tributo de custeio de educação é inconstitucional
22 de março de 2019

São Paulo: Prefeito cobrará de pessoas físicas os impostos devidos de empresas

A Prefeitura da cidade de São Paulo decidiu alterar as regras de autuação de empresas que não pagam seus impostos. Em vez de lançar o auto de infração apenas contra a pessoa jurídica, estenderá o ato também à pessoa física responsável por ela. Com esta medida, a administração busca evitar que a empresa feche e a cobrança seja inútil.

Como ocorre na maioria das vezes, as pessoas físicas não são autuadas, a Justiça não aceita que, no final do processo, elas sejam cobradas já que não tiveram o direito de se defender.

Hoje, a prefeitura de São Paulo possui R$ 120 bilhões para receber de devedores, na qual R$ 80 bilhões são considerados perdidos, pois referem-se a empresas que já quebraram.
O restante,  R$ 30 bilhões, está sendo cobrados na Justiça, do qual R$ 10 bilhões estão sendo pagos, de forma parcelada.(Com informações da Folha de S. Paulo).
Tributario.com.br