Projeto aumenta Cofins para concessionárias que administram rodovias federais

Receita divulga instruções para emissão de Darf Avulso no caso não fechamento completo da folha no eSocial ou dificuldades no fechamento do Reinf
21 de setembro de 2018
É inconstitucional bloqueio de bens pela Fazenda sem ordem judicial, diz PGR
21 de setembro de 2018

Projeto aumenta Cofins para concessionárias que administram rodovias federais

A Câmara dos Deputados analisa proposta que aumenta em 1% a alíquota da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins) incidente sobre o faturamento de pedágio das concessionárias que administrem as rodovias federais.

Pelo projeto, o produto dessa arrecadação será destinados aos hospitais públicos localizados nos municípios por onde passam as rodovias administradas pelas concessionárias.

A medida consta no Projeto de Lei Complementar 535/18, do deputado Geraldo Resende (PSDB-MS). O texto altera a Lei Complementar 70/91, que trata da Cofins. A lei já prevê contribuição de 2% sobre o faturamento mensal das concessionárias.

“Essa iniciativa busca melhorar o atendimento de hospitais que ficam sobrecarregados ao atenderem as vítimas dos acidentes”, justifica o deputado. Resende cita dados do Sistema Único de Saúde (SUS) de 2017, segundo os quais 181 mil pessoas foram atendidas em decorrência de acidentes de trânsito, e ocorreram 32,6 mil mortes por conta desses acidentes.

Tramitação

A proposta será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; e de Finanças e Tributação. Em seguida, será analisada pelo Plenário.

Agência Câmara Notícias